COLÓQUIO: DANÇA E LINGUAGEM – ESCRITA E PRÁTICA ARTÍSTICA

O PARADOXO DA ANTI-DANÇA

Prof. Dr. Antônio Laginha

Gabinete de Estudos de História, Cultura e Dança (GEHCD) da Cátedra Convidada FCT/Infante Dom Henrique para o Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização. Revista Dança. Centro de Danças Oleiras/Portugal

RESUMO: Entre a provocação e a indiferença, a não-dança tem surgido no panorama terpsicoreano português como um fait divers que nem sempre tem corrido bem, nem se tem levado muito a sério. Embora, em rigor, não se trate de uma “linha” de espectáculos que se oponham ferozmente à dança – coreografada e executada por artistas treinados em códigos acadêmicos e m que a gestão  de movimento prevalece na su base e o espaço vai além das suas mentes – os seus praticantes acabam por recusar em palco qualquer tipo de movimento “expressivo”, ancorando em trabalho físico e, muito mesmo, com caráter virtuoso.

PALAVRAS-CHAVE: Dança. Bailado. História.

Palestra

*********************************************************************

COREOGRAFIA AQUÁTICA: DANÇAS E AS ESCRITAS ECOCÊNTRICAS DECORONIAIS

Profa. Dra. Ciane Fernandes – UFBA*

RESUMO: Palestra ministrada em ambiente marítimo ao pôr do sol, propondo a criação, articulação e integração de conhecimentos somáticos inter-relacionais para além da posição sentada diante da tela e do ambiente virtual. Como artistas da dança e da corporeidade não precisamos – nem devemos – congelar o corpo e parar de dançar para escrever sobre/com esta arte. É justamente nosso modo único de fazer conexões no e através do movimento corporal – inclusive em pausa dinâmica, mas sempre ativando o corpo como um todo e no todo do ambiente -, que nos inspira a criar uma escrita corporificada que atravessa as restrições psicofísicas, sociais e políticas da atual pandemia. A partir da sabedoria celular de nossa corporeidade – da qual 80% é constituída de água -, reconquistamos modos coerentes com a fluidez de pesquisas vivas, diluindo a dicotomia entre corpo e mente, movimento dançado e escrita controladora. É no território instável de ondas marítimas em fluxo constante que (re)encontramos nossa terra natal de pesquisas guiadas pelo movimento, entre célula primordial ancestral e as múltiplas artes de um futuro ecocêntrico.

PALAVRAS-CHAVE: Imersão como Pesquisa; Somática; meio ambiente; pandemia.

*http://lattes.cnpq.br/2276710235171349

Palestra

**************************************************************************

DANÇA E LINGUAGEM: RELAÇÕES ANÁLOGAS ENTRE POESIA E VIDEODANÇA

Profa. Dra. Siane Paula de Araujo– CEFET-MG*

RESUMO: Este texto para palestra apresenta uma proposta de aproximação entre os campos da Dança e da Linguagem sob a partir das experiências de produção e leitura de performances filmadas e videodanças de própria autoria que relacionam dança e poesia. Tão logo, se destaca a videodança Assombros (2020) baseada no poema homônimo de Olga Valeska sob a perspectiva de leitura semiótica peirciana e do viés do raciocínio analógico presente na Teoria da Metáfora Conceptual, de George Lakoff e Mark Johnson. Nesse contexto, a videodança é impregnada de sentidos e significados digitais estabelecendo relações de semelhanças e diferenças entre o poema e a dança na tela compondo uma escrita poético-corporal. 

PALAVRAS-CHAVE: Dança. Linguagem. Poesia. Videodança. Analogia. 

*http://lattes.cnpq.br/7585761656458342

Palestra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s